Posted in Meio Ambiente Todos Vegetarianismo

Como virei vegetariana?

Como virei vegetariana? Posted on 22/10/2017Leave a comment

Olá, meu nome é Sathya. Aqui é onde compartilho um pouco sobre minhas paixões, ensinamentos e inspirações. Espero que gostem.

Compartilhar é lindo!

Vou começar o post explicando um pouco sobre o vegetarianismo.

O vegetarianismo não quer dizer ingerir alimentos de origem vegetal. Na verdade, a origem do termo vem do latim vegetus, que significa saudável. Quando ouvimos dizer que alguém é vegetariano, muitas vezes associamos apenas que a pessoa só come salada. Porém, uma pessoa pode adotar o vegetarianismo por diversas razões: a principal seria por saúde, como o próprio termo diz. Mas ética, religião, meio ambiente, proteção dos animais e outros fatores também são decisivos.

Muitas pessoas confundem alguns termos desse universo, como vegetariano e vegano. Irei explicar abaixo:

Vegetarianismo

O vegetarianismo nada mais é do que uma dieta à base de alimentos de origem vegetal, excluindo completamente qualquer carne de origem animal. Ou seja, quem é vegetariano consome vegetais, grãos, sementes, frutas e cereais. Ovos e laticínios, embora sejam de origem animal, estão incluídos na dieta de alguns vegetarianos. Por essa e outras diferenças, os vegetarianos acabaram sendo categorizados em 4 grupos principais.

Ovolactovegetarianos – Não consomem carne, porém consomem ovos e laticínios além da dieta vegetariana.

Lactovegetarianos – Não consomem carne nem ovos, mas consomem laticínios. É um tipo de vegetarianismo muito comum na Índia, por estar ligado a questões religiosas.

Vegetarianos Estritos – Não consomem carne, ovos ou laticínios, por acreditarem que ovos e laticínios também prejudicam os animais.

Veganos – O vegano é antes de mais nada um vegetariano estrito, porém o conceito extrapola o campo da alimentação, se tornando uma ideologia ética e política de defesa dos animais, não consomem nada de origem animal (roupas, cosméticos, etc). O veganismo vai além de uma alimentação vegetariana, excluindo da sua vida qualquer forma de exploração ou tratamento cruel com os animais. Muitas vezes o termo “dieta vegana” é utilizado de forma equivocada, já que veganismo não é dieta alimentar. O correto é sempre usar “dieta vegetariana”.

Há ainda outros dois grupos derivados do vegetarianismo estrito:

Frugívoros – também chamados de “frutívoros”, só se alimentam de frutos, sementes e grãos, pois são contra uma alimentação que mate as plantas, evitando assim consumir qualquer raiz (batata, cebola, cenoura, etc). Muitos consideram uma ramificação do veganismo, pois além de proteger os animais, os frugívoros não participam da morte das plantas, tendo compaixão por todos os seres vivos.

Crudívoros – Só consomem alimentos crus, pois pregam que o homem é o único animal que cozinha seu alimento, fazendo com que ele perca seus nutrientes no processo. Ao contrário do que muitos pensam, não são necessariamente veganos, pois muitos consomem mel e outros produtos de origem animal, como ovo cru e leite.

Como virei vegetariana?

Sou vegetariana (ovolactovegetariana*) desde 2014 e afirmo que foi a melhor mudança que fiz na minha vida! E antes que você ache que eu já era “natureba”, está enganado, eu era o tipo de pessoa que adorava um churrasco sangrando e achava vegetarianos e veganos os seres mais loucos e eco-chatos do mundo! Pois é, como eu estava enganada!

Devo dizer que eu era uma pessoa que vivia gripada, com as unhas fracas, o cabelo sem brilho, pele opaca e sem disposição. Tudo isso passou a não existir na minha vida depois que virei vegetariana. Nunca mais tive uma gripe na vida! O mais legal, emagreci mais de 35 Kg com essa mudança e sem exercício! Mas confesso que minha principal motivação foi pelo amor aos animais.

Mas aposto que você está aí se perguntando: “E as proteínas?”

Sim, essa é a pergunta (chata) que mais respondo, além de…

“O que você come?”, “Vai ficar anêmica!”, “Ih só come mato”, “Nem um franguinho?”, etc.

Bom, basicamente, quem decide ser vegetariano não come mais qualquer tipo de carne, ou seja, eu como tudo o que você come menos carne. As pessoas me perguntam isso como se só comessem carne o dia inteiro. E sim, peixe e frango também é carne. Sem essa de vegetariano que come peixe como muitas famosas que querem “tirar uma onda” por aí. Se você come peixe ou frango, nem que seja uma vez ao mês, sinto muito mas você não é vegetariano.

E as proteínas? Bom, os maiores mamíferos do mundo são vegetarianos e nem por isso estão anêmicos. Toda proteína que um ser humano precisa podemos encontrar nos vegetais. E para quem não sabe, nós seres humanos, não somos carnívoros, nosso corpo não foi feito para comer carne, mas isso fica para um outro assunto…

Querem que eu fale mais sobre o assunto? Querem que eu grave um vídeo falando sobre? Esse assunto rende e existem mil coisas que eu poderia falar que fariam você abandonar seu bife agora mesmo. Se quiserem posso falar mais. Comentem e mandem mensagens falando o que acham.

* Não tomo leite, somente vegetal (leite de coco, arroz, amêndoas…), mas como queijo de búfala raramente, além de lanches de rua que levam leite (empadinha, pão, bolo…), mas isso é raro, então esses são os únicos laticínios que consumo. Quando faço alguma receita em casa, tipo bolo, uso leite vegetal. Também como ovo ocasionalmente, mas somente orgânico e de “galinhas soltas”, em que não existe crueldade animal. E muito cuidado com os ovos que você consome, leia mais clicando aqui! Tento ser o mais sustentável possível e fazer minha parte.

Abaixo está a foto do meu almoço e sobremesa no restaurante Org Bistrô, no Rio de Janeiro, não parece mas é vegano!

Sabe o melhor de ser vegetariano/vegano? Você come coisas mais gostosas, saudáveis e que não pesam, nem no corpo e nem na consciência. Por exemplo, essa sobremesa de cacau não perde em nada para um bolo de chocolate.

Compartilhar é lindo!

Olá, meu nome é Sathya. Aqui é onde compartilho um pouco sobre minhas paixões, ensinamentos e inspirações. Espero que gostem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *